A Espada Flamejante

A Espada Flamejante é assim denominada por apresentar a lâmina ondulante, imagem das labaredas de fogo. Representa a autoridade moral. É usada pelo Venerável Mestre como símbolo do poder criador do G.A.D.U. Tem justamente o sentido de transmissão desse mistério do poder divino necessário para a formação de um aprendiz. Ela retrata o Poder temporal, a Luz, a irradiação do saber e do compromisso das ações justas e dos nobres sentimentos.

Sua origem é do seguinte versículo bíblico:

E havendo lançado fora o homem, pôs ao oriente do jardim do Éden os querubins, e uma espada flamejante que se volvia por todos os lados, para guardar o caminho da árvore da vida.

Gênesis 3:24

Interessante é considerar que a Espada Flamejante só pode ser tocada por um Mestre Instalado porque ele pode compreender que não é uma arma ofensiva, mas um instrumento de transmissão do vigor divino, que se materializa com o efeito dos eflúvios emanados da própria Espada. A geração dessas influências poderosas ocorre com os golpes do pequeno malho desferidos sobre a lâmina dela, oportunidade em que emitem uma vibração sonora que penetra no corpo do recipiendário, aparentemente renascido, impregnando-se nele para sempre.

A Espada Flamejante simboliza, também, o domínio da natureza e do poder da vontade, e de igual modo a justiça, que deve punir todos aqueles que se afastam do caminho do bem. Mostra, também, com sua forma estilizada de um raio, que a Justiça deve ser pronta e rápida como essa descarga elétrica.

Lembra, portanto, que a insubordinação, o vício e o crime devem ser repelidos da esfera que compreende a Maçonaria.